Casamento de Priscila e Ítalo em Corumbau – Bahia – Casamento na Praia

“Paulo, meu casamento terá 3 dias de festa. O primeiro dia será um jantar para receber meus convidados com uma banda de pagodinho/samba, no segundo dia acontecerá uma cerimônia na praia, depois a recepção/festa na Pousada Corumbau e no último dia faremos um almoço de agradecimento para os convidados.”

Quando a Priscila me ligou falando do projeto do casamento dela, já passava em minha cabeça toda a estrutura do evento funcionando: como iria usar a luz, como iria trabalhar durante a cerimônia e já imaginava a galera pirando na festa. Fotografia de casamento não existe planejamento de fotos, vou logo falar a verdade pra vocês. Logo no primeiro dia eu senti a animação daquela turma. Então apenas deixei que tudo acontecesse da forma que deveria acontecer, sem direção, fui fotografando o que achava importante registar, como um fotojornalista.

Os casamentos aqui no nordeste não tem esse estilo, casamento em 3 dias. O primeiro que fotografei assim foi o de Juracy e David na Irlanda, onde a maioria dos casamentos são nesse estilo. Dizem que é tradição da Ilha Esmeralda.

É cansativo sim, mas o resultado compensa qualquer dor nas costas e as poucas horas de sono. Eu acredito que quanto mais tempo ficamos juntos, conseguimos nos aproximar muito mais do casal e da família, consequentemente conhecer mais sobre eles.

Antes que vocês perguntem. Sim, eu fiz todas as fotos tradicionais, que vão para o álbum deles.

Já ia esquecendo. A noiva quebrou o pé 3 dias antes do casamento. Acha que ela desanimou? Veja só ai.